quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A ESTUDANTE DAS TÉCNICAS DE BROCHE

Parece que lá vou conseguindo ser mais assíduo...
Nos idos de 2006 conheci virtualmente a M., uma rapariga bem constituída, com ar de menina inocente e safada (que olha para nós enquanto abocanha o caralho...), conforme pude comprovar de vivo broche ahahahahaha.
A pedra de toque da minha amiga era a forma empenhada e estudiosa como a própria chupava...E esforçava-se por aprimorar a técnica.
Técnica essa que foi sendo melhorando com o tempo. Com toda a relatividade que isto possa ter, uma vez que a técnica será mais do agrado ou não conforme o que se gostar.
Eu gosto que me chupem com gosto e intensidade, não gosto daquelas chupadelas tímidas e ainda menos de trincadelas no caralho.
Além da forma como chupava, o par de mamas que ela tinha (tem) deixava-me entesoado!
Estava eu a dizer que, acabamos por nos conhecer carnalmente em várias ocasiões e locais, que passaram pelo carro, pelo motel, etc...
Mas, um certo dia de Verão (o calor é tramado para o tesão masculino e feminino), resolvi tentá-la (ela estava de férias)a vir visitar-me ao escritório, mas com algumas condicionantes...
Ela teria de vir de mini-saia, sem cueca e iria fodê-la mal a avistasse, directamente na mesa da sala de reuniões. Ela aceitou ahahahahahaha
E veio de transportes públicos...Lógico que já estava excitado só de a imaginar a vir sem roupa interior no dito transporte público, que, por sorte, parava mesmo à porta do escritório.
Ela chega e liga-me para saber qual a entrada...E eu a vê-la da janela...Morena, de mini-saia...
Ela sai do elevador, eu abro a porta, ela entra, eu fecho a porta e encosto-a à parede para uns beijos e uns amassos...
Os meus dedos foram confirmar a ausência de roupa interior e constataram, para além disso, o tesão dela já bem acentuado...
Encaminho-a para a sala de reuniões, debruço-a sobre a mesa, afasto as pernas dela e depois de retirar o meu caralho para fora, meto-o na cona dela a todo o gás até ao fundo.....
O tesão era tanto que só pude dar algumas estocadas e abrandar um pouco senão a reunião seria curta... ahahahahaha
Paro, deito-a de barriga para cima e e começo a demonstrar-lhe o quanto estudioso eu era a lamber também...
A M. não era de orgasmos rápidos mas eu tinha tempo e paciência para lamber aquela cona depiladinha, quente e húmida...
Depois de ter passado no exame oral, achei que se impunha sentá-la no meu caralho para ela me montar um pouco...
Acabou por se vir no meu caralho quando a fodia de quatro novamente debruçada sobre a mesa da sala de reuniões...
Fizemos um tour bem interessante pelo escritório tendo terminado no sofá do meu gabinete... ahahahahaha.
É uma pena não ter foto da mini-saia, mas tenho da next best thing... ahahahaha


4 comentários:

  1. Finalmente o texto mais aguardado por mim.... Ou nao fosse eu a própria "M". Relembrar tal aventura e ainda por cima escrita por ti deu me um tesao enorme...(ufa que calor... estava nesse dia...) ;) As tecnicas de broche foram e continuam a ser realmente muito aperfeiçoadas...(até estou a pensar fazer um manual tipo - escolha o broche que mais se adequar a si...e mostre o a sua(s) seu(s) parceiros)sim porque cada um tem o seu gosto, medo, panca ou ate mesmo paranoia :)
    Continuo a faze-lo com ar de menina safada e da me um gozo enorme de ver a cara de prazer quando eu estou com o "dito cujo" na boca.
    E tens toda a razao para ficares entesoado com o meu par de mamas, ate eu fico sempre que as vejo :)

    bjo onde tu sabes :)


    P.S. Aguardo excitada uma nova aventura... "in loco"... ;)

    ResponderEliminar
  2. parece que o mestre que enganou mais uma vez... acabei de ler a primeira frase. ai, ai brincar assim com esta sua aluna :(

    à "M" os meus sinceros parabéns pelo belo Par :)
    até eu já estou com calor.

    :p

    dn

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dificil ser assíduo...Mas vou tentar cumprir...

      Eliminar
    2. ;)
      (estou sempre a reclamar) :p

      Eliminar